segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Oferecem-se Blocos!

De facto 2007 tem sido para mim um ano começado com o pé direito! Apesar de 2006 ter terminado com alguns percalços, existem coisas que apesar de fugirem ao nosso controlo acabam por permitir que a vida tome um rumo como a minha está a tomar e que me proporcionam uma ligeireza e espontaneidade que me têm trazido bastantes surpresas e alegrias.

Consegui realizar um dos meus primeiros sonhos que era ir ao Reino Unido! Sim, eu sei, era fácil mas fui adiando, adiando... mas em Janeiro pensei que já era demais. Ainda por cima um dos meus melhores amigos vive em Londres já há dois anos... enfim, para mim já era uma vergonha. de maneira que na primeira semana marquei a viagem pela Ryanair (recomendadíssima!) e dia 26 lá fui. Passei lá 4 dias apenas e deu para conhecer apenas o essencial para um primeiro reconhecimento; sexta, vodka às 4 da tarde como qualquer trabalhador londrino que se digne; sábado de manhã cerejas no mercado de Portobello Street; jantar num buffet de comida Tai na China Town do Soho; uma voltinha nas galerias Harrods (não dá para muito mais que uma "voltinha"...); passeio de domingo até Canterbury e Leeds Castle; e claro apenas um piscar de olhos a alguns dos mais reputados museus do mundo e ex-libris da capital inglesa. Foi excelente e deu também para matar saudades do bandido do Neves e da noiva Melinda. Londres superou todas as minhas expectativas.
Conheci La Alberca, uma vila medieval espanhola fantástica, o restaurante O Mesquita perto da Meda e o companheiro Zamith. O referendo correu pelo melhor, contrariamente ao que eu pensava...até aqui nas Antas onde estive na mesa de voto! (isso é que foi menos bom); Descobrimos umas paredes novas fantásticas (às quais ainda não conseguimos ter acesso), consegui finalmente montar o escritório na nova sede da Tropical Blocos, presenciei o meu primeiro jantar de "Arroz de Malagueta", o Jorge Grande finalmente marcou o casamento (felizmente não comigo!), ia ganhando um cão novo, que entretanto já voltou para o dono e consegui escapar a mais um tropeção que por pouco ia dando...
Nos fins de semana tenho conseguido escalar... quer dizer, agora menos vezes... consegui voltar a Poios e à Redinha mas o tempo e factores económicos têm-me restringido nas vezes e na mobilidade, daí que tenho andado mais por Tabuaço. Ás vezes dá-nos mesmo para ás duas da manhã, com orvalhada, andar a subir blocos aqui no jardim mas isso já é na base do fanatismo... kikikikikiki! Mesmo assim consegui passar então um fim de semana fantástico com dois dos melhores amigos que se poderia ter. Fomos os três para Poios no primeiro fim de semana de Janeiro e deu para desentorpecer os músculos... já não escalava desde o jantar de Natal da irmandade e isso mal contou. Foi bom especialmente por reforçar a nossa amizade e por provar que apesar das nossas idades se pode gozar sem stresses e preconceitos. Nunca pensei com 26 anos poder dormir com dois "miúdos" numa tenda, com um gelo lá fora, em frente à capela da Sra. da Estrela na Redinha. Eles já habituados a tais andanças com os seus sacos cama Xpto e eu com o meu que mais parece um saco de plástico e claro, mais um edredon (daqueles de casa, normalíssimos!) dobrado em dois e mais uma manta, enfim, o atestado de quem não sabe no que se mete! mas foi demais, sem quaisquer constrangimentos, preocupações, como só mesmo com grandes amigos se pode estar. Foi sem dúvida dos melhores 2 dias da minha vida pela ligeireza com que passou o tempo.

À cerca de uma semana saquei o meu primeiro V+ em Tabuaço, no Fradinho e também foi para mim um acontecimento digno de referência! Eu sei, eu sei, neste momento um qualquer escalador que tenha por acaso "tropeçado" neste blog deve estar ás gargalhadas... eu compreendo... mas para mim se pudessem ter noção de como é revigorante, emocionante, hiper, mega, ri-fixe! sei lá, e tudi tudi tudi, simplesmente top! Agora a sério, sentir na pele que estamos a progredir, que os desafios cada vez mais nos tomam e consomem... e ainda ando a falar de "quintos"! Enfim, só fico mais ansiosa por conseguir mais e mais... mas aqui é complicado... e sozinha ainda pior!

2007 tem sido também sinónimo de mais trabalho, o que, quando se gosta do que se faz como eu, é bom! Ainda hoje, estive a acompanhar o pessoal do LNEC que anda a fazer os ensaios de geofísica nas escombreiras da mina que andamos a recuperar ambientalmente e depois tive que ir a Trancoso buscar uns documentos a uma associação. Não só as minas da Granja por si só são um cenário fantástico para trabalhar mas o facto de num dia como hoje, com um sol fantástico, acabar tudo o que tenho para fazer e ainda poder parar o carro pelo caminho e logo ao lado da estrada encontrar uns blocos que me têm fascinado...torna tudo muito melhor! Eles estão a cerca de 15 km de minha casa e o único problema é para além de não ter crash (o menor deles, pois isso podia arranjar), ainda não ter experiência suficiente para reconhecer uma linha de bloco "aceitável" e acima de tudo por estar sózinha e não haver nem um único bloco "marcado" em todo aquele paraíso de bolas graníticas fantásticas! Eu sei, Trancoso fica longe de tudo... nem sequer deve haver um "maioral" do bloco que imagine onde isto fique mas para mim é sem dúvida uma área bastante promissora. São cerca de 10 Km de estrada, com blocos espalhados dos dois lados e nunca a mais de 5 min a pé deles, alguns mesmo ao lado da nacional. De um granito grosseiro numa zona de Invernos rigorosíssimos e Verões escaldantes, completamente expostos por não haver qualquer vegetação devido a sucessivos incêndios. Alguns ultrapassam os 10 m mas a maioria não chega a tanto. Eu prometo num próximo post mostrar algumas fotos do spot.
Eu não tenho nenhuma "percentagem" e nem faço parte da autarquia local (LOL) mas o meu interesse existe pois é uma forma de trazer escaladores para os "meus" lados e dinamizar uma área com potencial.
Bem, isto tudo para dizer que só poderia melhorar se o tempo ajudasse... estou farta dos meus 5 graus de média (quando não de máximo...) e desta chuva... mas melhores dias estão para vir. Muitos sítios novos a conhecer, spots, novos trabalhos, projectos, pessoas, enfim, um ano que me parece promissor...oxalá!

1 comentário:

MENINA AZUL disse...

Cati,
Espero que o resto do ano seja tão bom ou melhor do que foi até aqui.
Ainda bem que te andas a divertir :)
E, neste caso, para cima é o caminho!
Boa escalada.
Bjks
Joana