sexta-feira, agosto 17, 2007

Novidades...

Bem, mais um post e mais uma lembrança... este blog desde o início que foi criado não só com o intuito de registar memórias, desabafos, alegrias... mas especialmente para me (re)lembrar.

Este post para mim será mais um registo a recordar: A minha gata Tica com cerca de 10 anos foi operada; o "Frika" ligou-me ao fim de tantos anos para me convidar para o seu aniversário; os papis chegaram... mais envelhecidos que nunca...; o casamento do Jorge Grande; o meu primeiro quase-acidente com um javali e a vez que quase me perdi a caminho da Gralheira, uma aldeia perdida no meio do Monte Muro para o aniversário da minha grande amiga Martinha; os cachorros da Mishka e os problemas e alegrias que nos causaram; mais uma assembleia de freguesia; o meu desastre em Labruge; o início da actividade profissional e o meu primeiro recibo verde; os meus treinos na Lavra e no Salto; o reencontro do Gonçalo perdido em Luanda; o fantástico fim de semana em Tomar e a primeira via encadeada pela Martinha, a primeira vez que dormi mesmo ao relento, a atenção do Jorge para comigo e com a Martinha e os nossos "pormenores femininos", a festa e dança do Marcito, a Lola, o Magno e o Oso; conheci o famoso "Shaimit"; o regresso do Oscar; fiquei com o emprego que nunca esperei e que me permite assim ficar na região ou até mesmo mudar-me para a Covilhã; a visita às pinturas rupestres de Foz Côa e o maravilhoso almoço em Ervamoira; o meu primeiro trabalho a fazer seguro a miúdos a escalar, em Trancoso; a partida da Martinha de férias para a Costa Rica; o reinicio de diálogo com o Paulo; a crise e a reconciliação dos meus pais; conheci a famosa família Italo-australiana da Melinda e o casamento do Neves... o meu melhor amigo que me deixou assim como a última do clã por casar (o que não é mau); conheci o Hélder; o jantar de aniversário do Oscar; o jantar do clube e o reencontro do surfista perdido em Trancoso... a confirmação da minha viagem sozinha à Tailândia... tantas memórias... tantas palavras que me têm cansado... lê-las não é nem de perto tão cansativo como têm sido estes tempos...



























































































































Este post serve também de registo de uma data muito importante para mim. Faz dia 24 de Agosto um ano que escalei pela primeira vez. Não tivesse eu deixado a piscina da Martinha para ir até ao Fradinho experimentar aquilo de que dois doidos (o Mestre e o Filhote) que tinha conhecido à pouquíssimo tempo, me tinham tanto falado e tudo o que teria perdido neste ano que entretanto passou... As emoções, alegrias, viagens, as pessoas que entretanto conheci, os feitos que nunca pensei conseguir sequer em sonhos realizar e os que a partir de então passei a sonhar um dia vir a fazer. Acima de tudo as grandes amizades que conquistei e a força e energia positiva que esta experiência proporcionou à minha vida.
Obrigada Márcio, devo-o a ti

2 comentários:

Marcio Parente disse...

Perguntaram ao DALAI LAMA ...
"O que mais te surpreende na Humanidade?"
Ele respondeu:
"Os homens ... porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro,
esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente e nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem morrer ...
... e morrem como se nunca tivessem vivido.

_________________________________
Este nao sera o teu caso

beijos

dreamer disse...

Boas Cati!

Pelo que acabei de ler neste post já se passou muita coisa que te marcou, mas acima de tudo vê-se que vives intensamente e com amor a vida que levas. Conheço-te ainda à pouco tempo, mas posso dizer que sou feliz por te ter conhecido :)

jocas e boas escaladas pela Tailandia (escala por ti e por mim :P)

Ricardo aka dreamer